Luta principal é alterada duas vezes e Claudiere Freitas encara Francisco Neves por cinturão do Max Fight

Cada vez mais comum em semanas que antecedem aos grandes eventos de MMA, as lesões continuam assombrando os organizadores e produtores também nos torneios nacionais. Considerado uma das melhores competições do Brasil, o Max Fight “sentiu na pele” essa onda de lutadores machucados. Escalado para fazer a disputa de cinturão dos leves (70kg) contra Claudiere Freitas, Flávio Álvaro sofreu uma fratura na costela na semana passada e teve seu nome retirado do card. A organização agiu rápido e anunciou Júlio Rodrigues como substituto imediato. No entanto, nesta segunda-feira (26), Júlio machucou a mão em um de seus treinamentos e viu Francisco “Chicão” Neves ser colocado como candidato ao título do evento, marcado para o dia 31 de outubro, em Valinhos (SP). Os amantes das artes marciais poderão acompanhar todas as emoções do card, ao vivo e com exclusividade, pelo canal Combate.

maxfight17-chicao

Credenciado pelo excelente nocaute aplicado em César Tozi no Max Fight 16, realizado em agosto, Chicão tem contra o experiente Claudiere Freitas o duelo mais complicado de sua carreira. Outros dois importantes duelos foram alterados por diferentes razões. A única luta feminina programada para a edição 17 do evento teve de ser cancelada. Alegando motivos pessoais, Pamela Cristiane, que enfrentaria Juliana Velasquez, não terá condições de lutar e os organizadores acharam por bem o cancelamento da peleja. No co-main event mais uma substituição: com uma lesão no olho, Luan Chagas teve de ser substituído. Em seu lugar, Diego Gaúcho foi escalado para encarar Roberto Facada.

Apesar das constantes alterações nos combates, Ricardo Saldanha, presidente do Max Fight, segue otimista sobre a qualidade do evento. Há muito anos no Mixed Martial Arts, Saldanha não se mostra surpreso por conta das mudanças, mas reafirma sua vontade de fazer um evento de primeiro nível para a população de Valinhos (SP).

“Claro que essas lesões atrapalham muito na formação do card, mas são coisas que acontecem dentro do mundo do MMA. A lesão do Flávio (Álvaro) foi inesperada, pois é a segunda vez que isso acontece neste ano. Sabemos do profissionalismo dele, por isso, em breve, ele estará conosco novamente. Tivemos que correr contra o tempo, já que o substituto imediato também se machucou. O Chicão foi uma ótima saída, já que aceitou de cara este combate. Apesar destes pequenos contratempos, não tenho dúvidas em dizer que teremos mais um evento de altíssimo nível. O povo de Valinhos pode aguardar por isso”, disse.

CREDENCIAMENTO DE IMPRENSA

O credenciamento para o MAX Fight 17, marcado para o dia 31 de outubro, no Ginásio Municipal, em Valinhos (SP), será feito diretamente pela equipe de comunicação do Max Fight.

Para efetuar o pedido da credencial, basta preencher a ficha de solicitação através do link:http://www.midiaticapress.com.br/credenciamento/. O prazo se encerra na sexta-feira, dia 30.

Max Fight 17
Sábado, 31 de outubro de 2015
Ginásio Municipal, Valinhos (SP) – (Ao vivo pelo Canal Combate)
Card oficial (sujeito a alterações)

Francisco “Chicão” Neves (Polêmico/Ryan Gracie) x Claudiere Freitras (Retz) – disputa do cinturão até 70kg

Roberto Facada (Team Nogueira) x Diego Gaúcho (Inside) – até 77kg

João Paulo Bomba (Team Nogueira) x Daniel Caporossi (Tozi) – até 77kg

Thiago Rella (Check Matt) x Fabiano Rodrigues (Bronx’s GT) – até 84kg

Gustavo Erak (Fabiana Belai Muay Thai /FORJA V2) x Roberto de Souza (Magno Gorila Fight /Borracha Team) – até 61kg

Diogo Hannibal (Homem de Pedra) x Anderson Gava (Spartanos) – até 61kg

André Augusto (Blaster) x Aldo Sultão (B9 MMA/Boxe Rei Tigre) – até 93kg

Emerson Rios (Team Nogueira) x Fábio Assis (Ching-Wu Wushu) – até 66kg

Ozias Bull Terrier (Forja v2) x Thiago Torres (Spartanos) – até 61kg

Thiago Lima (Team Nogueira Campinas) x Kelvem Felipe (Black Sheep MMA) – até 70kg

Ewerton Ferreira (Retz/Tozi) x Thomaz Flávio (Claudio Bueno/Berimbau de Ouro) – até 84kg

José Lucas Camargo (Ching-Wu Wushu) x Estevam Roca (Fight Fitness) – até 70kg