Max Gimenis

Dados
Data de nascimento 14/04/1993
Peso 93 kg
Altura 1.89 m
Nacionalidade Brasileiro
Quando começou
Graduação Faixa Preta
Melhor Luta

maxgimenis_mini

Biografia

1- Quando e com qual idade você começou a treinar Jiu- Jitsu?
R. No Ano de 2004, com quase 11 anos.

2- Por qual motivo você escolheu o Jiu-Jitsu e não outras artes?
R. Meus pais procuraram uma academia de Judô para me colocar, mas por sorte minha na mesma academia treinávamos Judô e Jiu Jitsu. Fui me destacando e gostando mais do Jiu-Jitsu.

3- Qual sua posição / finalização favorita?
R. Estrangulamento pelas costas, o famoso “Berimbal”.

4- Pratica outra arte marcial ou algum outro esporte além da Arte Suave?
R. Musculação e às vezes Muay Thai, esporte que me identifico muito.

5- O que o Jiu-Jitsu te ensinou fora dos tatames?
R. Respeitar ao próximo.

6- Aonde começou a treinar? Por quais equipes já passou? Em qual está agora?
R. Comecei em uma filial da UGF em um projeto social na Igreja Batista Betânia (Realengo – RJ).
Aos 14 anos fui morar no Espirito Santo com meus pais, e treinei por alguns anos na Equipe Striker, uma das melhores equipes de Jiu Jitsu do Espirito Santo. Com 17 anos buscando a evolução de meu Jiu-Jitsu voltei ao Rio de Janeiro para treinar na GFTeam com o Mestre Julio Cesar Pereira, que me recebeu muito bem e até hoje estamos juntos. Tenho certeza que será para sempre, pois hoje, tenho meus companheiros de treino como irmãos e meu Mestre como Pai!

7- Qual sua dieta na semana e no dia da competição?
R. No dia-a-dia busco comer bem. Como bastante salada, carboidratos bons e proteínas assadas ou grelhadas. No Pré-competição, aumento um pouco o nível de carboidrato para ter mais energia, pois no dia da competição é necessário ter bastante energia.

8- Quais são seus ídolos dentro e fora do esporte?
R. Dentro do esporte tenho vários ídolos, mas meu exemplo é o Atleta Rodolfo Vieira, pois além de ser meu companheiro de treino é um monstro nos Tatames. Fora do esporte, meu pai, pois já vi esse homem ressurgir das cinzas, só quem sabe da história para entender do que estou falando.

9- Qual a luta mais difícil da sua carreira, e por quê?
R. Final do Brasileiro de equipes em 2013. Minha luta decidia o campeonato e eu iria lutar contra um adversário muito duro, que havia me finalizado duas semanas antes da final do Absoluto. Graças a Deus ganhei a luta e minha equipe saiu campeão. Foi uma luta muito difícil não só pelo adversário, mas por que estava ali lutando por mim, por minha equipe e mestre. A responsabilidade era enorme.

10- Uma frase ou uma filosofia de vida:
R. Deus provê, Deus proverá. Sua misericórdia não me faltará.

Titulos

Campeão Mundial IBJJF
Campeão Mundial Abu Dhabi pro 2013
Vice Campeão Mundial Abu Dhabi pro 2012
Campeão Mundial NO GI IBJJF
Campeão Pan Americano IBJJF

Redes Sociais

Clique nos ícones abaixo:
Facebook  Instagram